Tipos de Intercâmbio

Tipos de Intercâmbio

Um intercâmbio,assim como te permite muitas experiências,também permite que você escolha o tipo que melhor se adapta ao seu estilo, ao seu bolso, à sua vontade, à sua idade e etc.

Algumas pessoas e fontes listam os tipos de intercâmbio em quatro: Intercâmbio Cultural, Científico, Profissional e Universitário.

Mais pra mim esses termos são meio vagos, porque todo intercâmbio que você faz pra um país diferente do seu, é cultural,e quando você cita os outros tipos,deixa de fora os outros tipos também como o de Au Pair,que é um intercâmbio tanto cultural,como profissional e também universitário,tudo claro, na MINHA opinião.

Vou listar aqui então, alguns dos muitos tipos de intercâmbio que existem, explicar um pouquinho e mais pra frente, prometo que farei um post com detalhes de cada um deles.

Intercâmbios de:

Cursos de Idiomas: Você vai para o país que você quiser e escolhe aprender uma língua no nível em que você está,em sistema intensivo ou semi-intensivo,e tem a opção de treinar a língua que você está aprendendo ali,no seu dia a dia.

Cursos de férias para adolescentes: É um programa onde o adolescente vai passar suas férias escolares aprendendo um novo idioma,vivenciando aquele idioma na prática e ainda se divertindo muito durante todo intercâmbio,com passeios e esportes.Toda a viagem é acompanhada por um monitor.

High School: Neste programa, o adolescente faz seu ensino médio (colegial) em outro país. Estuda, conhece outra cultura e se diverte durante seu período de aprendizagem na escola.

Cursos Profissionalizantes: Este é para pessoas que já tem um certo nível do idioma e quer fazer um intercâmbio para o exterior. Existem os cursos técnicos, onde você pode melhorar na sua área escolhida e também melhorar o seu currículo no futuro.

Graduação ,Pós ou Extensão Universitária: Aqui você também precisa ter um bom nível no idioma e você vai ter um ano ou mais de estudos da sua faculdade no seu país escolhido.

Cursos para Executivos: É para aqueles que já atuam na sua área de trabalho e que aperfeiçoamento e oportunidades.

Au Pair: É um programa onde você fica hospedado na casa de uma família estrangeira convivendo dia a dia com sua cultura, cuida dos filhos dessa família,recebe cerca de $195 por semana pelo seu serviço e ainda tem a oportunidade de estudar um idioma ou um curso que você quiser, e ainda se divertir conhecendo lugares novos e uma nova cultura.

Trabalho de férias: Neste programa você pode trabalhar de 3 a 4 meses (o período de suas férias) e você receberá por hora um valor que é correspondente ao salário mínimo do país.

Trabalho em acampamentos: Aqui você trabalha em acampamentos, sendo um staff, e ajudando em tudo lá, desde a arrumação do local até na parte de brincadeiras e jogos. Você receberá um valor em dinheiro ao final do acampamento.

Estágios: Um intercâmbio muito bem possibilitado pelo órgão internacional IASTE, que te dá a chance de fazer um estágio no exterior em mais de 90 países na sua área profissional. Você recebe uma remuneração por isso que seja suficiente para cobrir suas despesas com alimentação e alojamento e passará de 2 a 12 meses no país escolhido.

Trabalho Voluntário: Você irá para um país carente e aprenderá a conviver com pessoas diferentes de você, realizando obras sociais como distribuir comida, construir casas, cuidando de pessoas doentes e/ou carentes, e animais.

Bom, com o tempo nós iremos explicar cada um desses intercâmbios e mostrar boas agências que os realizam.

Beijos,Raquel

😀

Responsabilidade

Responsabilidade

É,é um assunto chato,eu sei,mais é indispensável pra qualquer pessoa que resolva se aventurar num país desconhecido,sozinho,onde você não conhece bem a língua nem os costumes.

Quando você é jovem e sonhador (como nós,hehe) pensa que tudo é flores,e que tudo é lindo,e que você tendo a liberdade de morar num país longe dos seus pais ou responsáveis,você vai ser livre e vai poder fazer tudo que quiser.Desculpa informar,mais é mera ilusão.

Fazer um intercâmbio,qualquer que seja,exige de você muita responsabilidade e maturidade.Não comece um sonho de viajar pra fora do seu país achando que lá não tem leis,não tem regras,não tem ética moral..Muito pelo contrário: ás vezes esses países tem mais regras do que você imagina e cabe a você e à sua maturidade saber conviver com elas.

Intercâmbio internacional é algo muito sério.Imaginem comigo:

”Mariazinha tinha 17 anos e sempre quis viajar para o exterior.Seus pais vivam dizendo que ela era muito imatura e que ela sempre viveu ás custas deles e na hora H,não saberia como viver sozinha.Mariazinha teimou e foi.Ao chegar no aeroporto do país,sua mala tinha sido extraviada,havia problemas com seu visto..então,Mariazinha depois de chorar muito e espernear no aeroporto,liga para seus pais que resolvem tudo por telefone (era só ligar pra agência).Mariazinha então sai do aeroporto e vê que tem que pegar um táxi,mais como ela não sabia falar bem a língua pq não se preparou antes de ir,se enrola toda e dá o endereço errado para o taxista,que a deixa no lugar errado.Mais nesse lugar tem uma balada ”tipassim,muuuuuuito legal mew” e ela pára lá pra aproveitar e depoois ela pensa em como chegar ao seu destino.Lá ela bebe,pega todos,passa seu telefone pra metade dos caras da balada,fica bêbada e faz um escândalo lá dentro e quebra tudo pq se sente ”livre”.Mariazinha então é presa (a polícia do país é muito rigorosa) e 3 dias depois é extraditada de volta para seu país de origem.”

HSUAHAUSHAUSHAUSHAUHSAUHSUASHUAHS

Tá,peguei pesado na história e tá meio idiotinha,mais geralmente,é isso que acontece com essas pessoas que resolvem sair do seu país sem nenhuma experiência com a língua,sem  maturidade e responsabilidade suficientes para se virar num país estrangeiro.

O que eu recomendo pra TODOS vocês,futuros intercambistas (ou não):

-Defina mesmo se é isso que você quer.

-Pensem,mais pensem MUUUITO sobre o que seria você viver de 1 mês pra mais sem sua família,tendo que lavar sua própria roupa,trabalhar,estudar e etc.

-Converse com seus pais e/ou responsáveis para saber a opinião deles sobre esse assunto.Querendo ou não,eles te conhecem como ninguém e sabem o que é melhor pra você.

-Aprenda tudo sobre o lugar que você vai ou deseja ir,pesquise,estude a língua,estude a cultura dos moradores de lá.

-Pesquise em fontes confiávies,converse com pessoas que já foram à aquele lugar e vá em agências seguras.

Vale ressaltar,que eu não sou uma expert no assunto,mesmo porque nunca fiz um intercâmbio,mais fuço TUDO que se refere a isso.E também,que eu faço tudo isso que eu recomendei,hahaha.

Beeeijos,Raquel.

Como tudo começou – Daniel

Uncategorized

Olá leitores!

Como a Raquel já contou como tudo começou para ela, agora é a minha vez.

Sempre gostei dessa história de viajar; e como muitos por aí, a grana aperta e esse gosto fica difícil de satisfazer.

Bom, por volta de 2007 eu decidi que faria um intercâmbio, mas como sou filho único a barreira dos pais protetores atrapalhou um pouco. Continuei correndo atrás e em 2008 descobri uma instituição chamada Rotary, que promove intercâmbio para algumas pessoas (postarei sobre o Rotary), e durante esse tempo pesquisei MUITO!

Atenção futuro intercambista, acostume-se com a palavra Pesquisa, essa fase é marcada basicamente  de pesquisas.

O Rotary acabou não dando certo para mim devido a minha idade, e eu decidi que o momento é correr atrás de bolsas ou de agências mais baratas (o que é bem difícil de encontrar).

Enquanto isso trabalho feito louco para juntar grana e tentar embarcar em Setembro de 2010! Ireland yeah!

Irei atualizando o blog com as minhas derrotas e conquistas, se tiverem alguma dica para me ajudar será de bom uso.

E não esqueçam, façam seu intercâmbio Just Your Way!

Abraço, Daniel.

O começo de tudo

Uncategorized

Oi gente!

Então,minha ”paixão” por intercâmbios e o mundo além do Brasil e além da minha cidade e do meu bairro começou na verdade quando eu comecei a estudar francês.O mais legal,é que minha professora era uma diva,e estudou na França um bom tempo,e todas as coisas que ela dizia de lá,e das oportunidades q vc tem lá,das coisas legais que vc aprende,das vivências..e cada coisa q ela dizia me deixava mais apaixonada pela França e pelo mundo em geral..

aaai aai,sonho meu *-*

E me apaixonei maaais ainda quando comecei a fazer o curso técnico de Agenciamento de Viagens,que é um segmento do turismo.. isso também me abriu muito a mente pra conhecer novos lugares,novas culturas e ser bem mais independente vivendo em outro lugar.

Pretendo estudar na França,e fazer Au Pair nos Estados Unidos mais isso sóo tempo e as minhas experiências dirão.Acompanhem o blog pra saber se eu realmente vou,mais até lá vou dar dicas,principalmente pras meninas que desejam fazer au pair fora do Brasil,ou intercâmbios em geral.

Beijos,Raquel

🙂

O mundo é logo ali!

Uncategorized

Olá leitores, meu nome é Daniel, e com a ajuda de minha parceira (Raquel) estreiamos esse blog, que tem como objetivo dar dicas e mostrar com a nossa própria realidade a experiência de um pré/durante/pós intercâmbio. Todo o planejamento, as falhas, os acertos, as conquistas e tudo o que pudermos adquirir dessa nova empreitada. 😉